The Callisto Protocol, lançado em dezembro de 2022, apresentou-se como um jogo de terror fortemente influenciado por clássicos como Dead Space. Embora tenha recebido críticas mistas, especialmente em relação ao ritmo e à jogabilidade, a saga está longe de chegar ao fim, conforme revelado pela introdução de um novo spin-off.

Este spin-off, intitulado Project Birdseye, destaca-se por adotar uma abordagem completamente distinta em relação ao seu antecessor. Em vez de seguir o protagonista Jacob Lee, os jogadores serão desafiados a assumir o controle de vários personagens, enfrentando inúmeras adversidades enquanto tentam sobreviver na Black Iron Prison. Neste contexto, o jogo assume o formato de um roguelike, onde cada fracasso é uma oportunidade para aprender e aprimorar habilidades, preparando-se para novas tentativas de superar os desafios do ambiente hostil.

O anúncio deste novo projeto veio por meio de um vídeo compartilhado na conta oficial de The Callisto Protocol na plataforma X. No entanto, é importante ressaltar que, embora Project Birdseye ofereça uma experiência única, ele não representa uma sequência direta de The Callisto Protocol, mas sim uma exploração do estúdio em um estilo de jogo mais dinâmico e desafiador.

No vídeo de apresentação, o narrador esclarece que Project Birdseye não é considerado como The Callisto Protocol 2, mas sim uma incursão paralela do estúdio em um gênero de ação de ritmo acelerado. Ainda assim, o entusiasmo em torno do projeto é evidente, com o narrador destacando que a equipe de desenvolvimento está se divertindo muito trabalhando neste novo empreendimento, em conjunto com um projeto AAA ainda não revelado.

Essa decisão de explorar um roguelike representa uma abordagem ousada por parte da equipe de desenvolvimento, oferecendo aos jogadores uma experiência completamente diferente, repleta de desafios e oportunidades de aprendizado a cada nova tentativa. Com uma narrativa imersiva e um ambiente sombrio, Project Birdseye promete levar os jogadores a uma jornada intensa pela Black Iron Prison.

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *