A Remedy, conhecida por produzir um dos melhores jogos de 2023, Alan Wake 2, recebeu aclamação crítica, mas os últimos resultados financeiros indicam que o jogo ainda não atingiu todo o retorno esperado do investimento.

Os números financeiros de 2023 revelaram uma queda de 22,2% nas receitas da Remedy, totalizando 33,9 milhões de euros, comparados aos 43,6 milhões de euros do ano anterior.

Segundo relatos da Games Industry Biz, o CEO Tero Virtala ressaltou o lançamento de Alan Wake 2 em outubro como um grande marco para o estúdio, afirmando que o jogo já recuperou uma parte significativa do investimento feito pela Epic Games Publishing.

“Apesar da competição no mercado no momento do lançamento, as vendas de Alan Wake 2 tiveram um bom começo”, disse Virtala. “Esperamos que o jogo seja um impulsionador importante de receitas e lucros para o ano.”

Ele também destacou que a Remedy agora tem duas franquias estabelecidas com Alan Wake e Control, e planeja transformá-las em marcas reconhecidas, com uma base de fãs crescente, lançamentos regulares de sequências e capacidade de gerar receitas consistentes.

Quanto aos próximos projetos, a Remedy está focada em diversos empreendimentos. Além do sucesso de Alan Wake 2, o estúdio está trabalhando em remakes de Max Payne 1 e 2, cujo orçamento de desenvolvimento se equipara ao de Alan Wake 2. Além disso, projetos como Control 2 e um spin-off multiplayer com o codinome Condor estão em andamento.

Esses esforços demonstram a determinação da Remedy em expandir seu portfólio e solidificar ainda mais sua posição na indústria dos jogos. Apesar dos desafios financeiros, a empresa continua comprometida em oferecer experiências de jogo de alta qualidade e em atender às expectativas dos jogadores.

A Remedy mantém seu foco na inovação e na criação de mundos imersivos que cativam os jogadores, enquanto busca um equilíbrio entre a criatividade artística e a viabilidade comercial. Com um histórico impressionante e uma visão clara para o futuro, a Remedy continua sendo uma força a ser reconhecida na indústria dos jogos.

FONTE: eurogamer

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *